Você não tem nenhum item em seu carrinho de compras.
Pesquisa
Voltar para todos os posts do blog

CHINA, A MAIOR PRODUTORA DE COMPONENTES FOTOVOLTAICOS SUPERA O CORONAVÍRUS

 

 

Enquanto um número crescente de países ao redor do mundo fecha suas fronteiras para impedir a disseminação do novo coronavírus, a China anda na direção contrária.

 

   Como resultado, o Aalborg CSP retoma o trabalho, com a produção de componentes para o maior projeto de energia solar com armazenamento do mundo. O uso de máscaras para todo o pessoal e o envio de todos com sintomas, para casa, tem sido uma parte decisiva da estratégia da indústria chinesa. Assim, a China está retornando ao seu estado normal e o especialista em energia renovável dinamarquês, Aalborg CSP, vê a “luz no fim do túnel”.

   No início de 2019, a Aalborg CSP recebeu um de seus maiores projetos em termos de megawatt e iniciou os preparativos, nos meses seguintes, para um grande projeto em Dubai que envolvia uma torre e uma usina solar. Um projeto recorde, que gera 600 MW de energia até 15 horas após o pôr do sol. Entretanto, a produção teve que ser temporariamente interrompida em fevereiro de 2020, devido à pandemia da COVID-19; as fábricas na China, onde os componentes estavam sendo produzidos, foram obrigadas a fechar, assim como a maioria das indústrias do país. Uma medida tomada para evitar a contaminação do vírus.

   “Todos os nossos subcontratos na China foram encerrados por um período mais longo, o que está impactando o progresso do projeto. É crucial para nossos clientes, bem como para o setor de RH e o desempenho de nossa empresa, que nossos projetos possam retomar a fabricação ”, diz Svante Bundgaard, CEO da Aalborg CSP.

  Com todos os funcionários usando máscaras, as máquinas voltaram a funcionar e o trabalho pôde continuar, sob as medidas de segurança implementadas pelo subcontratado da Aalborg CSP, a Shanghai Boiler Works Co., Ltd. - que não sofreu mais a propagação do vírus. “Nossos clientes e fornecedores na China nos disseram que as máscaras fizeram a diferença no país. Se eles não conseguiram acessar as máscaras, usaram as caseiras. Vi fotos de pessoas usando sutiãs, recipientes com água e cascas de laranja como máscaras. Isso, combinado com uma agressiva estratégia de teste e contenção, colocou o país de volta aos trilhos. É bom para a China e também para o CSP da Aalborg, pois agora podemos entregar o projeto com atrasos mínimos para o cliente ”, afirma o CEO da Aalborg CSP.

 

Fonte: https://www.evwind.es/2020/03/25/china-the-worlds-largest-concentrated-solar-power-plant-overcoming-coronavirus/74159

Comentários
Write a Comment Close Comment Form