Você não tem nenhum item em seu carrinho de compras.
Pesquisa
Voltar para todos os posts do blog

Acordo bilateral com entidade chinesa fortalece relações comerciais na área de energia solar

 

A Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR) e a Associação da Indústria Fotovoltaica da China (China Photovoltaic Industry Association – CPIA) assinaram acordo de cooperação para fortalecimento do mercado bilateral entre Brasil e China para incentivar a criação de novas oportunidades para o setor solar fotovoltaico nos dois países.

 

A parceria promoverá novas possibilidades para o uso da tecnologia solar fotovoltaica, a partir de ações de conscientização e educação, aprimoramento de políticas públicas e regulamentações, construção de incentivos, padronização de bens e serviços, capacitação e geração de empregos, divulgação de conteúdos e informações, networking entre associados de cada entidade, colaboração mútua em atividades, reuniões e eventos.

 

Para o CEO da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), Rodrigo Sauaia, o acordo estratégico representa um importante passo para o setor, aproximando o mercado e os empreendedores brasileiros da China, país que é atualmente o principal fornecedor e consumidor de energia solar fotovoltaica do mundo.

 

“A articulação entre ABSOLAR e CPIA possibilitará a construção de um canal de comunicação direta para o intercâmbio de informações e experiências, o compartilhamento de boas práticas e políticas de sucesso, bem como a mitigação de possíveis desafios comerciais ou logísticos de nossos associados”, comenta Sauaia.

 

Para Ronaldo Koloszuk, presidente do Conselho de Administração da ABSOLAR, a parceira vai proporcionar um ambiente mais favorável ao desenvolvimento de novos negócios entre Brasil e China no mercado solar.

 

“O acordo entre a ABSOLAR e CPIA reforça as ações de cada entidade, com espaço para novas sinergias em prol do crescimento da energia solar em seus mercados nacionais”, destaca Koloszuk. “A China é referência mundial no desenvolvimento da tecnologia solar fotovoltaica no mundo e a fonte solar possui um potencial imenso de geração de emprego e renda, atração de investimentos e proteção do meio ambiente”, conclui.

Comentários
Write a Comment Close Comment Form